quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Após Notícia Divulgada, da Dívida da Prefeitura com o Pronto Socorro da Casa de Caridade de Carangola, tem gente que não quer que isso seja divulgado. Sofremos ataques e tentativas de represálias.

Após Notícia Divulgada, da Dívida da Prefeitura com o Pronto Socorro da Casa de Caridade de Carangola, tem gente que não quer que isso seja divulgado. Sofremos ataques e tentativas de represálias. Assim como aqueles que nos deram as informações também sofreram.
Não queremos, não pretendemos e não desejamos ter que noticiar toda essa triste realidade da administração pública de Carangola. Afinal foram eles que diziam que Carangola tinha jeito e temos visto que é desse jeito que Carangola está indo para o buraco. Falta de transparência e responsabilidade. Assim  como falta de fiscalização pelo Poder Legislativo. Conivente e um silêncio sepulcral. Colocando as Instituições em crise: Casa de Caridade, Pronto Socorro, IPESC e toda a cidade com os atrasos nos pagamentos aos funcionários e os fornecedores. 
Já colocamos à disposição e reiteramos. Nossas páginas estão abertas a informar e a esclarecer à toda a população. Porém, pelo que se consta, não há interesse em informar por parte desses.
Aproveitando informamos à todos que ontem(05) foram pagos 1/3 das férias do funcionalismo da educação. Eles mesmos nem informaram. Mas depois das férias. Muitos nem férias tiveram. Assim como não tiveram Natal e Reveillon. 
Vamos reiterar. A Prefeitura continua devendo. Paguem primeiro. Para depois reclamarem de que a população está sendo informada. Assim como estarão sendo informados se, com isso, o Pronto Socorro fechar.


Prefeitura de Carangola deve mais de R$1.800.000 ao Pronto Socorro da Casa de Caridade de Carangola que mesmo assim ainda presta os serviços. Graças à determinação de toda sua equipe. Mas até quando conseguirão assumir esse papel de trabalhar sem receber? 


Nenhum comentário:

Postar um comentário