quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Ação Conjunta da Polícia Federal e PMMG(47º BPM e 75ª Cia PMMG) prendem 7 suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas, furto a Bancos, Caixas eletrônicos e Agência dos Correios em diversas cidades na região.

Uma Operação Conjunta entre Polícia Federal e Polícia Militar em Carangola e Divino, batizada de Operação Guardião das Fronteiras, apreende celulares e materiais relacionados a tráfico de drogas, roubos a agências dos Correios, Lotéricas, Caixas Eletrônicos e Agências Bancárias da região.
Major Florindo - Comandante da 75ª CIA PMMG Carangola,
Delegado Federal Auxiliar na Operação Dr Túlio da Trindade e
Ten Cel Joedson - Comandante do 47º BPM
Foto Éocombatente
Com exclusividade.
Agentes da Polícia Federal e Policiais Militares de Divino, Carangola e Orizânia realizaram uma Operação Conjunta na manhã dessa quarta feira (02/08) nas cidades de Carangola e Divino. Com apoio de helicóptero e cerca de 19 Agentes da Polícia Federal, 2 Delegados da Polícia Federal, 35 Agentes da PMMG com diversas viaturas. Muitas delas descaracterizadas.
Foram cumpridos 6 Mandados de Busca e Apreensão e também Mandados de Prisão em alvos previamente estabelecidos. Na Operação foram presas 07 suspeitos de envolvimento em Divino e em Carangola, além de droga e vários objetos de interesse nas investigações. Uma pessoa presa não estaria sendo investigada. Mas segundo informações tentou ocultar provas durante a abordagem na residência de seus familiares.
Segundo nossa entrevista com o Ten Cel Joedson - Comandante do 47º BPM, o Major Florindo - Comandante da 75ª CIA PMMG Carangola e o Delegado Federal Auxiliar na Operação Dr Túlio da Trindade. Os demais integrantes da Operação não serão citados e divulgados. Pois é importante o sigilo nas Operações e Investigações. Pois os trabalhos de investigação e apuração seguem. Conforme nos informaram.
A 75ª Cia PMMG de Carangola passou, nessa quarta feira(02) a ser base de Delegacia de Polícia Federal nessa ação. Todo o trabalho de autuações e prisões, em conjunto e que obtiveram total exito, foi destacado por todos os membros envolvidos na Operação durante nossa entrevista.
Major Florindo ainda destacou que a PC de Carangola também está diretamente envolvida na Operação e irão receber as ocorrências nessa tarde. Após os exames de corpo de delito que estão sendo realizados na Casa de Caridade de Carangola de todos os presos.
Essas prisões são frutos do trabalho de investigação da Polícia Federal e que vem sendo realizado há mais de 6 meses na região. Telefones foram grampeados e escutas telefônicas auxiliaram a expedição dos mandados e as prisões. Major Florino também destacou que o Poder Judiciário da Comarca de Carangola e o Ministério Público foram informados e apoiaram essa Operação. Dando total aval.
Esse trabalho de Combate à Criminalidade está apenas no começo. Destacou o Ten. Cel Joedson. Vamos, todos juntos, vencer essa guerra. 
Os nomes e as fotos dos envolvidos também não serão divulgados. Para que não atrapalhe as investigações e o andamento da Operação.


Com informações Texto inicial O Campeão. Editado. Entrevista exclusividade Éocombatente

Nenhum comentário:

Postar um comentário