domingo, 9 de julho de 2017

Mulher prostituiu filha por bebidas e cesta básica

  • Garota de 16 anos ficou presa por três dias na casa de um homem de 47 anos até conseguir pedir ajuda para um primo...


Um homem acusado de sequestro e cárcere privado de uma adolescente de 16 anos para fins sexuais, foi preso no município de Barra do Garças, no Mato Grosso, durante ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Polícia Judiciária Civil, na tarde de quinta-feira (06).
O chaveiro, José Carlos Pereira Viana, 47, foi autuado em flagrante pelos crimes de cárcere privado, favorecimento a prostituição e tráfego de pessoas. A mãe da menor da menor está na Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos, na tarde desta sexta-feira (07). Ela poderá ser  indiciada, inicialmente, pelos crimes de cárcere privado e favorecimento à prostituição.
As diligências começaram após o primo da vítima, junto com o Conselho Tutelar, procurar a Polícia Civil, comunicando que a adolescente havia sido “entregue” pela mãe a um homem em troca de bebidas alcoólicas e cestas básicas.
Conforme os relatados, M. F. M. F., de 16 anos, morava com a mãe e uma irmã de 13 anos. Há três dias, a garota era mantida em cárcere privado, numa casa de condomínio, no bairro Jardim Nova Barra do Garças.
No local, a vítima ficava presa pelo suspeito sem as chaves do imóvel para fins sexuais.  Segundo a menor, a  mãe, mediante ameaça, obrigava a filha a “ficar” com o chaveiro, em troca de recebimentos mensais de bebidas alcoólicas e alimentos.
A mãe da menor  trabalha no lixão da cidade e é acusada também de colocar a filha de 13 anos para vigiar M. F. M. F.
Desesperada, a vítima conseguiu pedir ajuda ao primo através de mensagens de texto via celular. Na tarde de quinta-feira (06), ela conseguiu fugir da casa onde era mantida e procurou por socorro.
Logo que acionados, os policiais civis realizaram diligências e conseguiram localizar e prender em flagrante o suspeito. José Carlos de Pereira Viana foi conduzido para Delegacia de Polícia, interrogado e autuado por cárcere privado, favorecimento a prostituição e tráfico de pessoas.
De acordo com o delegado de polícia, Herodoto Souza Fontinele, no final da manhã desta sexta-feira, a mãe da vítima se apresentou na Delegacia de Polícia e será ouvida, no inquérito instaurado para apurar o caso.
Outra ação
Um homem foragido da Justiça foi preso pela 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Barra do Garças, na quinta-feira (06.07), por força de um mandado de prisão temporária. O procurado, Jesus Machuca Chaves, estava com a ordem judicial de prisão decretada pela 3ª vara Criminal da comarca de Porto Alegre do Norte.
Após denúncia anônima, o suspeito foi detido ao desembarcar de um ônibus comercial na cidade de Barra do Garças. Ao ser surpreendido pelos investigadores de polícia, o preso foi conduzido e colocado à disposição da Justiça.
Fonte CGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário