.

.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Idoso mata a própria mulher por engano ao confundi-la com assaltante

O senhor entrou em estado de choque e ligou para a polícia e SAMU, mas ela não resistiu...
Um idoso de 67 anos matou a esposa por engano na noite do último domingo (11) em Caçapava do Sul, região metropolitana de Porto Alegre (RS). De acordo com a polícia, o homem confundiu-a com um ladrão.
Por volta das 22h40 da noite de ontem, o homem acordou com um barulho em sua casa. Ele pegou sua arma e, ao ver um vulto próximo à porta atirou.
"Ele só reparou depois que a sua cama estava vazia", conta o comissário Nereu Manfio, da delegacia de Caçapava do Sul.
"Quanto ele viu, a mulher estava caída."
A esposa, de 55 anos, havia acordado antes dele. O senhor entrou em estado de choque e ligou para a polícia e para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas ela não resistiu e morreu no local.
Debilitado, o homem relatou o ocorrido e foi conduzido ao Hospital Municipal de Caçapava do Sul, de acordo com a polícia. "Ele precisou ser medicado", conta Manfio. "Ele ainda não prestou o depoimento oficial, mas fizemos a perícia e batia com o que ele disse."
A arma do homem estava registrada, mas ele não tem porte. "É daquelas bem antigas, isso é muito comum por aqui", afirma Manfio. "Muitas vezes, não é feito nem o recadastramento."
O caso está sendo investigado e, caso comprovado, o senhor deve responder em liberdade por homicídio culposo, sem a intenção de matar.
Transcrito CGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário